Polícia Federal prende donos do site Mega Filmes HD

Casal que administrava Mega Filmes HD lucrava R$ 70 mil por mês, diz PF

Dupla de Cerquilho (SP) foi presa por controlar site que distribuía filmes. 
Site recebia 60 milhões de visitas por mês e deve sair do ar em breve.

O combate global à pirataria agora também chegou ao Brasil. A Polícia Federal realizou nesta quarta-feira, 18, a operação Barba Negra, que desmantelou o site Mega Filmes HD, famoso por disponibilizar um acervo enorme de filmes e seriados online para o público de forma irregular. Segundo a PF, o site era o maior da América Latina na distribuição deste tipo de conteúdo.
A operação envolveu quatro mandados de busca e apreensão, que envolveram as cidades de Cerquilho e Campinas, no estado de São Paulo, e Ipatinga, em Minas Gerais. Foram presas duas pessoas, e mais cinco foram conduzidas coercitivamente para serem ouvidas. As contas bancárias dos sete foram bloqueadas a mando da Polícia Federal.
O acervo de mais de 150 mil filmes, seriados e shows gerava um esquema altamente lucrativo, dizem os representantes da PF. O casal responsável por gerenciar o esquema conseguia até R$ 70 mil por mês graças à publicidade exibida na página e sobre os vídeos, que era a principal forma de monetização do serviço.
O site tinha uma audiência gigantesca. No Facebook a página do Mega Filmes HD tinha 4,5 milhões de seguidores, o que já dá uma dimensão do negócio. Estima-se que o site recebesse 60 milhões de visitas por mês em média durante o primeiro semestre de 2015. A maior parte dos acessos veio diretamente do Brasil (85%), enquanto o restante veio de outros países, como Portugal e Japão.
Os investigados serão indiciados pela prática de constituição de organização criminosa, cuja pena varia entre três e oito anos de reclusão e multa, e violação de direitos autorais, que gera uma pena de dois a quatro anos.

Curiosamente, o site continua no ar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *