Moradores de cidades pequenas sofrem para jogar Pokémon Go

Loading...

Moradores de cidades pequenas sofrem para jogar Pokémon Go

Moradores de cidades pequenas estão sofrendo para jogador Pokémon Go. Quem é de São Paulo, do Rio de Janeiro, de Belo Horizonte ou de outra capital, não enfrenta grandes dificuldades para encontrar poké-stops e ginásios. Já quem mora em municípios menores...
No Guarujá, litoral de São Paulo, por exemplo, a situação não é das melhores. A cidade conta com cerca de 300 mil habitantes, mas o número de poké-stops é muito inferior aos dos grandes centros. Em municípios menores, como Guareí, no interior paulista e com cerca de 15 mil moradores, a situação é ainda mais delicada.
As periferias de grandes cidades também foram afetadas pelo problema, conforme noticiou o UOL Jogos. A foto abaixo mostra um jogador localizado em uma periferia de São Paulo e sem qualquer poké-stop ou ginásio próximos. Em algumas regiões da capital paulista, como na zona leste, o problema também volta a acontecer.
Reprodução
O problema motivou até mesmo a criação da hashtag #PokestopsForEveryone por usuários brasileiros no Twitter. Para quem não sabe, as poké-stops são locais onde os jogadores podem pegar poké-bolas, poções e outros itens de forma gratuita. Os itens também podem ser adquiridos por meio de compras no jogo, mas com dinheiro real. 
O plano tenta chamar a atenção da Niantic, produtora do game mobile. Até o momento, no entanto, a empresa não se manifestou sobre adição de mais poké-stops no mundo virtual.


Moradores de cidades pequenas sofrem para jogar Pokémon Go Moradores de cidades pequenas sofrem para jogar Pokémon Go Reviewed by Guii Gomes on 10:08:00 Rating: 5

Nenhum comentário: